Blog

Artigo do estudo ORCHESTRA divulga estudos sobre mortalidade e duração da internação em pacientes frágeis na UTI

Home » Blog » Artigo do estudo ORCHESTRA divulga estudos sobre mortalidade e duração da internação em pacientes frágeis na UTI

Artigo do estudo ORCHESTRA publicado na Intensive Care Medicine, divulga estudos sobre mortalidade e duração da internação em pacientes frágeis na UTI:

O artigo “Association of frailty with short-term outcomes, organ support and resource use in critically ill patients”, publicado em 14 de agosto de 2018, na Intensive Care Medicine, apresenta um estudo realizado pelos investigadores do estudo ORCHESTRA (ORganizational CHaractEriSTics in cRitical cAre) com quase 130 mil pacientes internados em 93 UTIS no Brasil ao longo de dois anos.

Elaborado com dados de UTIS do estudo ORCHESTRA, e análise de informações através do Sistema Epimed Monitor, a fragilidade foi avaliada pelo Índice Modificado de Fragilidade (Modified Frailty Index, MFI). Pacientes frágeis (i.e. aqueles MFI≥3 pontos) tiveram maior mortalidade e duração de internação na UTI e no hospital, utilizando maior uso de suporte invasivo e transfusão na UTI, e menores chances de receberem alta para casa sem necessidade de assistência.

Questões para gestão de saúde pública – Com o envelhecimento da população e do aumento da prevalência de pacientes frágeis, os resultados do estudo apontam implicações relevantes relacionadas ao planejamento da assistência à saúde pública do indivíduo na área de terapia intensiva.

O MFI (Modified Frailty Index) encontra-se disponível no Sistema Epimed Monitor.

Leia o artigo completo no link: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs00134-018-5342-2