Support & Downloads

Quisque actraqum nunc no dolor sit ametaugue dolor. Lorem ipsum dolor sit amet, consyect etur adipiscing elit.

s f

Contact Info
198 West 21th Street, Suite 721
New York, NY 10010
youremail@yourdomain.com
+88 (0) 101 0000 000
Follow Us

Publicação

Análise descritiva do perfil epidemiológico de uma unidade de terapia intensiva oncológica

Autores: Lacir Jose Santin Junior, Tamiris Uracs de Sales Graca, Mariana Fabro Mengatto, João Fernando Ramos Raymundo, Yara Mesquita Brito, Rita de Cássia Moreira Simões, Isaac Ferrari Del Favero, Cristina Prata Amendola
Data da publicação: 2018

Objetivo: Descrever o perfil epidemiológico de uma UTI oncológica.

Métodos: Trata-se de uma pesquisa descritiva exploratória de abordagem quantitativa com análise retrospectiva dos dados do software Epimed. A análise foi desenvolvida na UTI oncológica do Hospital de Câncer de Barretos, composta por 20 leitos, com demanda de pacientes clínicos e cirúrgicos eletivos. A amostra foi obtida por meio de amostragem convencional, sendo adotado como parte do estudo todo cliente internado no setor no período de janeiro a dezembro de 2017.

Resultados: Foram observados os dados de 1457 pacientes. Prevalecendo o sexo masculino com um total de 56% de internações. A idade também foi avaliada, sendo que a maior parte dos pacientes internados no período tinha entre 60 a 69 anos. Em relação aos tipos e razoes de internação, a que apresentou maior numero de pacientes foram as cirurgias eletivas, com 933 casos (64%), seguida das internações clinicas com 418 dos casos (29%), e por fim as cirurgias de emergência ou urgência com 95 casos (7%), e 11 (1%) casos não foram identificados pelo software de consulta. A média de permanência dos pacientes foi de 5 dias. Em relação a taxa de ocupação anual a media foi de 92%.

Conclusão: Conforme evidenciado no presente estudo, o perfil epidemiológico e composto predominantemente por pacientes do sexo masculino, idosos e provenientes de cirurgias eletivas.