Material Educativo

[Depoimento] Análise descritiva do perfil epidemiológico de uma unidade de terapia intensiva oncológica

A unidade de Terapia Intensiva é considerada um ambiente complexo de monitorização contínua de cuidados. Conhecer o cenário de dados epidemiológicos, desfechos, processos dos cuidados prestados aos pacientes críticos é essencial para promover ações de melhoria e segurança do paciente.

No último CBMI realizado em Novembro de 2018, utilizamos algumas ferramentas de dados proporcionadas pelo Epimed Monitor para análise do perfil da nossa unidade, gerando o trabalho publicado na RBTI “Análise descritiva do perfil epidemiológico de uma unidade de terapia intensiva oncológica”.

O sistema nos auxiliou na construção do conteúdo científico, levantamento de dados, análise de resultados comparados a outras unidades e também a conhecer nosso cenário atual.

No início deste projeto avaliamos vários indicadores da área de gestão que o software oferece, desde o fluxo de pacientes até a utilização de recursos.  Optamos, então, por destacar o perfil de uma unidade oncológica.

No processo de análise de indicadores também conseguimos avaliar as categorias diagnósticas mais comuns que nos proporcionou a visão melhorias dos cuidados e adotar melhores práticas de segurança do paciente.

Leia na íntegra a publicação “Análise descritiva do perfil epidemiológico de uma unidade de terapia intensiva oncológica”.