Material Educativo

[Revisão de artigo] Procalcitonin (PCT)-guided antibiotic stewardship: an international experts consensus on optimized clinical use

A emergência crescente de bactérias multirresistentes é considerada atualmente uma das ameaças mais urgentes à saúde global e está ligada diretamente ao uso excessivo de antibióticos.

Frequentemente os antibióticos são prescritos para aqueles pacientes que apresentam sintomas de infecções respiratórias e síndrome de resposta inflamatória sistêmica (SIRS) ou suspeita de sepse, embora mais de 40% das infecções respiratórias sejam causadas por vírus.

Por isso, um biomarcador que nos ajude a detectar a presença de uma infecção bacteriana em nosso paciente, assim como acompanhar e prever a resolução desta, tem um grande potencial para melhorar a avaliação clínica dos pacientes. Um biomarcador como esse pode ajudar os clínicos a tomar a melhor decisão terapêutica (de indicação ou não de antibióticos), além de decidir a duração do tratamento e potencialmente melhorar os resultados clínicos dos pacientes ao reduzir, por exemplo, a exposição e, consequentemente, os efeitos colaterais dos antibióticos.

Neste contexto, o uso do biomarcador Procalcitonina (PCT) tem ganhado muita atenção nos últimos tempos como adjuvante ao julgamento clínico, pois os níveis de PCT podem ajudar a discriminar infecções bacterianas de doenças virais, e já demonstraram sua capacidade em reduzir as prescrições de antibióticos, além de garantir a descontinuação precoce destes com segurança.

Clique no botão abaixo para ler na íntegra o material.