Support & Downloads

Quisque actraqum nunc no dolor sit ametaugue dolor. Lorem ipsum dolor sit amet, consyect etur adipiscing elit.

s f

Contact Info
198 West 21th Street, Suite 721
New York, NY 10010
youremail@yourdomain.com
+88 (0) 101 0000 000
Follow Us

Publicação

Monitorização da pressão de cuff como indicador da qualidade da assistência fisioterapêutica e a incidência de pneumonia associada à ventilação mecânica

Autores: Danielle Conceição Costa Tavares1, Larissa Gomes da Silva1, Erick Cesar de Farias Albuquerque1, Alexandrina Maria Cavalcante Lopes Veloso Galvão1, Ciro Leite  Mendes1, Maryjanne Santana dos Santos Ferreira
Calado1, Camila Patricia Galvão Patricio Carvalho2
1Hospital Alberto Urquiza Wanderley – João Pessoa (PB), Brasil; 2Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – João Pessoa (PB), Brasil

Objetivo: A pneumonia associada à Ventilação mecânica (PAV) é umas das infecções mais frequentes nas Unidades de terapia intensivas (UTI). Neste contexto, o bundle de PAV, com a utilização de boas práticas, surge como elemento essencial na prevenção das PAV. Diante do exposto, a monitorização da pressão de cuff foi elencado como um indicador da qualidade da assistência fisioterapêutica, instrumento este que, possivelmente, será útil na prevenção da pneumonia associada à ventilação mecânica invasiva. Desta forma, o objetivo da pesquisa foi correlacionar a monitorização da pressão do cuff com a incidência de PAV.

Métodos: Estudo restrospectivo e descritivo. Os dados foram extraídos a partir dos Bundles de PAV e do Epimed. Em seguida, utilizou-se a estatística descritiva para apresentar os dados encontrados.

Resultados: No semestre de julho a dezembro de 2016, totalizou-se 201 internações e 39,58% sob ventilação mecânica, foram observados 12 casos de PAV. Já no período de janeiro a junho de 2017 foram admitidos 179 pacientes na UTI geral, dos quais 49,11% foram submetidos a ventilação mecânica invasiva e, 4 casos de PAV. O indicador de monitorização da pressão de cuff foi criado em janeiro de 2017.

Conclusão: Com a realização do estudo foi observou-se que com a utilização da monitorização da pressão do cuff como indicador da fisioterapia contribuiu para a redução da incidência de PAV na UTI geral.