Support & Downloads

Quisque actraqum nunc no dolor sit ametaugue dolor. Lorem ipsum dolor sit amet, consyect etur adipiscing elit.

s f

Contact Info
198 West 21th Street, Suite 721
New York, NY 10010
youremail@yourdomain.com
+88 (0) 101 0000 000
Follow Us

Publicação

Mortalidade em 90 dias de pacientes com infecção por COVID-19 e ventilação mecânica invasiva

Objetivo:
Observar a mortalidade em 90 dias e fatores associados em pacientes com COVID-19 e ventilação mecânica invasiva (VM).

Métodos :
Coorte retrospectiva em unidades mistas de terapia intensiva (UTI) de  2 hospitais privados na Zona Sul do Rio de Janeiro de Março a Junho de 2020. Todos admitidos nas UTIs, diagnóstico de infecção por COVID-19 e uso de VM. Dados clínicos e desfechos foram coletados através do Sistema EPIMED. Mortalidade após alta hospitalar foi coletada no Banco de Nascimento e Óbitos na página eletrônica da Corregedoria-Geral de Justiça do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

Resultados :
Admitiram-se 372 pacientes com infecção por COVID-19, 139 (37%) necessitaram de VM de foram analisados. A idade mediana foi de 76 anos(IQR 63-86), SAPS3 57(IQR 50-72) e SOFA 5 (IQR 2-10). 138 (99%) necessitaram de aminas vasoativas e 63(45%) terapia de substituição renal (TSR). MFI 2 pontos (IQR 1-3) e Charlson 1 (IQR 0-4) . A mortalidade em 90 dias foi de 43%. Uso de TSR, idade, escore de fragilidade, SOFA e SAPS 3 foram maiores nos não sobreviventes. Na análise multivariada idade (OR 1,1 [1,05-1,16]) e Charlson (OR 1,58[1,21-2,0]) foram fatores independentes para óbito em 90 dias.

Conclusão:
A mortalidade de pacientes com infecção por COVID-19 e ventilação mecânica foi elevada na população estudada de pacientes muito idosos, com alto uso de TSR e fragilidade. Charlson e idade foram fatores independentes relacionados ao óbito em 90 dias.